Petroleum com madeira no Festival Brasileiro da Cerveja 2015

Postado em mar 10, 2015

A nossa grande novidade deste ano no Festival Brasileiro da Cerveja (FBC) é um kit de Petroleum maturada em diferentes madeiras.

Ano passado levamos um barril de 50 litros com um blend de Petroleum com carvalho americano, que fizemos no parque temático. Apenas poucos felizardos puderam ter a oportunidade de degustá-lo e o pessoal curtiu bastante. Com base nesse feedback positivo, resolvemos investir tempo e paciência nisso.

Arte da sacola dos kits da Petroleum com madeira

Arte da sacola dos kits da Petroleum com madeira

Para nos ajudar nessa tarefa,  convidamos nosso amigo Agenor Maccari Junior, professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR) , um grande estudioso das madeiras brasileiras que iniciou seus estudos em microbiologia e fermentação ainda como estudante de Agronomia. Concluída  a sua graduação, atuou como pesquisador no Centro de Pesquisa e Processamento de Alimentos (CEPPA), o que culminou no Mestrado em Tecnologia de Alimentos e no Doutorado em Tecnologia Pós-Colheita, na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Ele desenvolve diversas pesquisas na área de produção de bebidas, com destaque para os trabalhos com tosta de tonéis e uso de madeiras brasileiras para envelhecimento de cachaça.

Seus conhecimentos são aplicados também na produção da premiadíssima Cachaça Porto Morretes. Vencedora de juris internacionais, a Porto Morretes ganhou cinco medalhas no Concours Mondial Spirits Selection 2014, bem como venceu o VI Brazilian Meeting on Chemistry of Food and Beverages . Trata-se de uma cachaça orgânica, ou seja, a cana de açucar é cultivada sem o uso de agrotóxicos e o processo industrial é isento de aditivos químicos. A grande maioria da produção é destinada à exportação, por isso é pouco conhecida do público brasileiro. Vale a pena procurar uma garrafa.

Cachaça Porto Morretes

Cachaça Porto Morretes

Sendo assim, nada melhor do que utilizar os barris de cachaças premiadas da Porto Morretes para fazer uma Petroleum com madeira. Seguindo as dicas do professor Maccari, maturamos as cervejas em três madeiras diferentes: Amburana, Castanheira do Pará e Carvalho Francês, cada uma com um tipo específico de tosta. O processo de maturação de bebidas em madeiras com diferentes níveis de tosta é uma paixão do professor, que consome boa parte de suas horas de folga.

A tecnologia vem sendo utilizada em um novo empreendimento, o pub 277, cuja equipe também nos auxiliou neste nosso projeto.

Logo do novo projeto do Maccari

Logo do novo projeto do Maccari

 

Gostamos muito do resultado desta parceria. As cervejas ficaram espetaculares! Se o público aprovar, iremos repetir a dose, com certeza!

 

Kit Petroleum Madeira

Kit Petroleum Madeira

Seguem os descritivos das madeiras e os atributos que se espera encontrar nas cervejas:

Amburana: com o uso de barris com tosta alta, a cerveja maturada adquire aroma adocicado, intenso, com notas de especiarias, particularmente  canela e aroma pronunciado de côco queimado. O sabor intenso, com gosto doce, o residual amargo e a adstringência são persistentes.

Carvalho Francês: a tosta leve e a madeira nobre se mostram no aroma suave, com toque de pimenta e especiarias, adquirindo interessante complexidade. O sabor de doce de leite e o gosto amargo tornam a cerveja espetacular, com persistência na boca.

Castanha do Pará: o aroma delicado, de sobremesa e castanhas, resulta em um sabor agradável que remete a amêndoas e pudim. Há um equilíbrio entre o amargo e o doce, que tornam o sabor residual muito prazeroso.

Estaremos vendendo kits da Petroleum com madeira no FBC. Serão apenas 100 unidades! Depois do FBC, a Beer Maniacs irá distribuir nacionalmente os outros 900 kits restantes. Peça para a sua loja preferida reservar para você.

Ansioso para provar as versões das Petroleum? Apareça no FBC que irá acontecer nesta semana, entre os dias 11 a 14 de março em Blumenau, no Parque Vila Germânica. Compre seu ingresso aqui.

Esperamos vocês no nosso estande!