Suco de laranja direto da fábrica

Postado em maio 5, 2014

Nesta terça acontecerá a segunda brassagem de Grand Cru e para manter a tradição a fábrica estará aberta para visitações que serão acompanhadas do delicioso suco de laranja. As visitas serão realizadas a partir das 14hs, a cada hora e em grupo de até 10 pessoas. Seguindo uma sugestão que recebemos do Breno Rosa no Facebook, iremos doar a mesma quantidade de laranjas usada na cerveja para uma instituição de caridade. A instituição escolhida para ser beneficiada nessa terça é a Rede Esperança. Tem alguma ideia legal e quer compartilhar conosco? Entre em contato através do nosso site, facebook ou twitter. Lembrando também que o projeto de financiamento coletivo do filme Petroleum é nosso: a ebulição da cerveja artesanal no Brasil está na reta final. Endereço: Gauden Bier, Av. Manoel Ribas, 6995 (fundos) – Santa Felicidade –...

Leia mais »

Saldão de Páscoa DUM

Postado em abr 15, 2014

Nesta quarta, 16/04, faremos o nosso primeiro saldão de fábrica. Nossas cervejas são produzidas na Gauden e assim que são engarrafadas elas saem para disribuição em diversos pontos e essa será sua oportunidade de comprar direto na fábrica com um preço especial. Estaremos das 11 até as 19horas esperando por vocês, ficaremos inclusive ininterruptamente atendendo para aqueles que querem aproveitar o horário do almoço para garantir o seu presente de Páscoa. Vocês também poderão fazer um tour pela fábrica e conferir de perto a produção de Jan Kubis que estará rolando. Serviço: Valor:  R$150,00 por 12 garrafas de 355ml de Petroleum(1Caixa) Forma de pagamento: dinheiro Horário: 11 às 19hs Endereço: Av Manoel Ribas, 6995(atrás da Petiscaria do Victor) – Santa Felicidade – Curitiba    ...

Leia mais »

Bombas cervejeiras

Postado em jun 21, 2012

Há algum tempo atrás, twitamos sobre o teste da nossa bomba que agora estamos utilizando na versão 2 do nosso equipamento. Nos perguntaram as especificações da bomba e se ela era própria para usar com alimentos. Bom, vamos falar um pouco sobre ela então. Já tínhamos comprado ela há algum tempo, mas precisavamos dos conectores de inox, mangueiras, valvulas e nípeis. O que não sai muito barato, é quase o preço da bomba. Depois de comprar tudo fizemos o teste conforme a foto abaixo. A bomba que escolhemos foi esta aqui. Compramos nos EUA e mandamos entregar na casa do Murilo. Demorou um mês e meio e tivemos que pagar 60% de imposto, alguns amigos foram mais sortudos e não precisaram pagar o imposto. O legal dessa bomba é que ela tem padrão alimentício, ou seja, o liquido não entra em contato com o motor. Ela funciona com acoplamento magnético, ou seja, as pás que empurram o líquido são movidas por um imã que fica do lado do motor. Você pode desmontar ela pra lavar sem mexer no motor. Existem outros modelos e marcas. Uma que vemos nossos amigos usando são as da March, um exemplo é essa que vende na morebeer.com. A nossa bomba funciona apenas quando está abaixo do nível do líquido, pois o líquido entra na bomba por gravidade e ela apenas empurra-o para cima. Conversamos com muita gente antes de comprar a nossa. Uma outra opção seria bombas de máquina de lavar, muito mais baratas, mas não tem grau alimentício e as conexões não são facéis, ao menos é a lenda que corre. As conexões de inox você pode encontrar na Acepil ou na Engatec. O uso das bombas agiliza muito a produção, mas requer cuidados e não é barata. Bom, estamos usando ela já algum tempo e ganhamos umas 2 horas no nosso processo aproximadamente. Agora o próximo upgrade é um resfriador de placas ou o equipamento para aerar o mosto. Mais um passo caro no equipamento, mas que vem para melhorar ainda mais nossas cervejas. Vale lembrar que você consegue fazer cervejas sem bomba, nossas 40 primeiras brassagens foram sem bomba. Mas é uma coisa que agiliza muito o trabalho. Aproveite e curta nossa página no Facebook ou siga-nos no twitter. Ali você vai ver mais novidades da DUM e ficará sabendo dos dias que poderá visitar o parque...

Leia mais »

JunkaDUM duplamente mosturada

Postado em maio 24, 2011

Uma experiência para entrar nos autos. A primeira cerveja duplamente mosturada que se tem notícia no mundo, incluindo o fundo do mar e os planetas. Veja mais detalhes da brassagem aqui.

Leia mais »

Brassagem JunkaDum – APU + Double Vienna

Postado em maio 15, 2011

Iniciando a mostura da Double Vienna

Ontem, dia 14/05/2011, foi um dia histórico para duas cervejarias curitibanas, Dům e JunkaBeer. Como estamos sempre buscando fazer algo diferente, o Junqueira sugeriu que fizemos uma APU junto com uma Double Vienna. “Só” para ver o que acontecia. Então fizemos uma brassagem dupla. A idéia era simples, fazer uma APU e ao invés de ferver o mosto, usá-lo para fazer a mostura de uma Double Vienna, então ferver e utilizar a lupulagem das duas ipsis litteris, ou seja, todas as quantidades e tempos de ambas as receitas foram mantidas. Além dos fermentos que foram misturados no mosto resfriado, usando assim o S-23 e US-05 em conjunto para a fermentação. Tudo foi documentado em vídeo e, em breve, estará disponível para todos entenderem essa loucura. Algumas coisas que podemos adiantar: OG: 1130 IBU: 80 Durante esse longa jornada, provamos algumas Quadrupel que o Murilo tinha em casa guardadas há algum tempo. Vejam a seqüencia: São elas: Westvleteren 12, St. Bernardus 12, T Gaverhopke, Rochefort 10, Chimay Blue e Opus Quadrupel (veja aqui e aqui). Fizemos uma harmonização com queijos, mas não conseguimos tirar uma foto para registrar. Mas a impressão geral é, não morra sem antes provar uma quadrupel com queijos azuis. E também rolou umas picanhas que, simplesmente, derretiam na boca. Parabéns ao casal JunkaBeer pela deliciosa iguaria! Acompanhe o vídeo aqui Em breve mais novidades desse nosso projeto. Fiquem ligados. [Mostrar como slideshow]...

Leia mais »