Resumo dos dois anos da DUM Cervejaria – parte 2/2

Postado em set 25, 2012

Ontem falamos sobre as coisas que fizemos, vamos conversar sobre o que aconteceu com a DUM. O ano de 2012 começou agitado, fomos a cerveja mais lembrada do painel do Bob. O Roberto Fonseca pediu para não tabular, mas como ele descobriu que a Wäls ia fazer a Petroleum e não titubeou em publicar, tabulamos em uma represália bem humorada. Tinhamos quase certeza que ficariamos entre as caseiras mais lembradas, mas para nossa surpresa fomos a mais lembrada em todas as categorias.

Mas nada foi mais gratificante do que a Wäls Petroleum. Essa era uma das nossas metas do segundo ano e foi cumprida com maestria, graças ao apoio total e irrestrito dos nossos amigos mineiros. A dedicação deles é total às obras de arte produzidas no “santuário” Wäls. Além de nos acolher como parte da familia deles, realizaram o maior sonho de qualquer cervejeiro caseiro: colocar à venda sua cerveja, de forma legal, pagando impostos e gerando empregos.

Aproveitamos a ocasião para fazer o lançamento em Curitiba, no qual toda a Petroleum acabou em 100 minutos.

A Wäls Petroleum tem atingido um público que não tem como vir ao parque temático e está disponível em centenas de lojas, bares e restaurantes pelo Brasil afora. Tem feito muito sucesso, porque como costumamos dizer, assim que as caixas de Wäls Petroleum ficam prontas para à venda, elas acabam na Wäls. Somem, mesmo depois de 10 brassagens, mais ou menos 16 mil litros do ouro negro produzido.

E como se isso não bastasse, ganhamos uma medalha de ouro no South Beer Cup com o primeiro lote desta parceria. Seremos eternamente gratos por isso. Além da medalha, tivemos a honra de ter uma média muito alta: 97,8. Simplemente foi incrível. Até agora não caiu a ficha direito, mas deve ser isso mesmo.

Também conseguimos o terceiro lugar no concurso nacional das ACervAs, quando anunciaram nosso nome como terceiro lugar, foi um alivio, porque ali era onde o caldo ia engrossar e estávamos muito apreensivos de não subir ao pódio devido ao grande número de bons cervejeiros no Brasil. Tivemos notas muito boas: 43, 41 e 38, ou seja, existem pelo menos duas Imperial Stouts que precisam ser descobertas por ai. Se possível vamos ajudar o Brasil a conhecer elas.

Além do Brasil, continuamos a espalhar a ideia de Petroleum pelo mundo. Ela foi até a porta do Download Festival, foi na frente da torre Eiffel com o Cerveja do Amor do Bodebrown, visitou Machu Picchu, foi ao pub mais antigo da Inglaterra, foi até Edimburgo e chegou até na grécia no blog do Fotis, que passou por várias cidades do Brasil conhecendo o cenário efervecente brasileiro. Esse ano vamos tentar lançar de vez a promoção Petroleum pelo mundo, vamos bolar isso ai direito e mais novidades vem em breve.

Conhecemos mais alguns expoentes do mundo cervejeiro tais como: Joseph Tucker – dono do Ratebeer.com, Graeme Wallace da Brewdog, John Palmer do livro How To Brew, Jon maddog Hall, dentre outros. O Pete Slosberg tomou de novo, confirmou que nossas cervejas são legais e temos um bom futuro pela frente, basta por as mãos à obra e muito trabalho.

Viajamos bastante esse ano, além dos festivais, fomos em quase todos os meses ímpares para Minas Gerais, mais especificamente em Belo Horizonte e imediações. Fizemos muitos amigos, participamos do programa, e da festa, de três anos do Pão e Cerveja. Após a festa, conhecemos a fantástica salumeria de Carlos Chiari. A chegada à camara fria é digna de uma paródia da propaganda da Heineken. Só indo lá para entender.

Já falamos bastante, mas ainda é necessário colocar aqui as nossas metas para o terceiro ano.

  • Finalizar o plano de negocio da DUM Cervejaria e procurar investidores;
  • Colocar em prática a ideia da Petroleum pelo mundo;
  • Criar receitas novas;
  • Visitar mais lugares pelo Brasil;
  • Participar de eventos internacionais (Europa, Argentina ou EUA, qualquer coisa tá valendo!);
  • Ter uma cervejaria funcionando e vendendo no nosso próximo aniversário.

E vale lembrar que temos copos com tirantes do DUMDAY II à venda em alguns pontos de Curitiba. E vamos tentar colocar em alguma loja virtual também.

Nosso muito obrigado à todos que nos apoiam e incentivam para construir uma cervejaria. O momento da recompensa está cada dia mais próximo, tenham paciência que serão recompensados.