Ilustração das caixas vira videoclipe

Postado em dez 23, 2014

O trabalho de ilustração feito pelo artista plástico curitibano André Mendes nas caixas da cerveja Petroleum, resultou num vídeo clipe. “Eram 816 caixinhas, tivemos algumas ideias para fazer um filme que ilustrasse a união de todos que contribuíram para viabilizar o documentário da Petroleum. Uma delas era construir um grande muro para que eu pintasse, outra fazer um mural com tinta respingada com aspecto de petróleo. Tudo preparado, estúdio montado, um retângulo de 9 x 5 metros montado no chão e me surge a brilhante ideia de fazer uma animação de 816 frames em um dia. Detalhe, uma animação desenhada caixa por caixa sem referencia do desenho anterior, pensei 5 vezes antes de externar minha ideia ao grupo, todas as 5 vezes eu pensava, “Vale a pena!! Vai ser muito legal fazer isso”. Não deu outra, foi incrível fazer parte deste grande projeto.” disse André Mendes  sobre a ação. Curioso para achar sua caixa? Veja o vídeo. O making of do vídeo está logo abaixo. O André levou cerca de 8 horas para pintar as caixas enquanto ficávamos no apoio retirando as caixas e trazendo mais pra ele. Foi intenso e divertido fazer essa ação e o resultado nos agradou muito. Nosso muito obrigado aos amigos que nos ajudaram a montar as caixas: Felipe Budil, Everton Delfino, Marlon Hammes, Jéssica Karina Hammes, Guilherme Zampieri Medeiros, Wiliam Bastos Junior, Jessica Prospero, Henrique Cruz, Felipe Marques, Orlando Angelo, Mauro Galperin, Igor Xavier e Gean Carlo Vila Lobus. As caixas foram todas enviadas e até o final do dia cada um dos colaboradores irá receber o código de rastreamento por email, em Curitiba estaremos fazendo as entregas pessoalmente. A previsão de finalização do filme é março do ano que vem e assim que estiver pronto enviaremos os DVDs. Obrigado pelo apoio e esperamos que aproveitem suas...

Leia mais »

Envio das recompensas

Postado em dez 17, 2014

Natal chegando e pensando na melhor forma de recompensar nossas colaboradores, resolvemos enviar as recompensas do filme “Petroleum é nosso: A ebulição da cerveja artesanal no Brasil“. Como vocês devem ter visto no nosso Facebook, estamos preparando as recompensas para o envio pelo sistema brasileiro de entregas. Muitas delas já estão a caminho e outras terminando de serem empacotadas. Antes de enviá-las precisamos fazer algumas pequenas padronizações, tais como: embrulhar em papel craft, colar remetente e destinatário, além da etiqueta de fragil. Estamos trabalhando duro para terminar o quanto antes todo esse envio.  Falta pouco, quase tudo pronto! #petroleum A photo posted by DUM (@dumcervejaria) on Dec 12, 2014 at 4:48pm PST   Relembrando alguns números do projeto no catarse: tivemos 555 apoiadores, que resultaram em cerca de 800 garrafas e mais de 350 camisetas como recompensas. A caixa que utilizamos é bem reforçada para aguentar a viagem. Além disso ela tem uma arte bem interessante e ficamos muito satisfeitos com o resultado. Para simbolizar a união demonstrada com o financiamento coletivo decidimos fazer uma obra de arte com todas as caixas de cerveja que serão enviadas como recompensas. Essa obra foi feita pelo artista plástico curitibano André Mendes, que é amigo nosso de longa data. Quando contamos para ele a história do projeto ele achou desafiador e curtiu muito a ideia da colaboração. 108 to Go #anima #andremendes #dumcervejaria A photo posted by André Mendes (@andremendesart) on Dec 12, 2014 at 4:32pm PST Na página do André Mendes você pode encontrar alguns dos trabalhos dele, como: Hospital Pequeno Príncipe, Pictograf, Salão Nacional de Artes de Itájai e Águas da Manhã, com esculturas feitas de lixo do Rio Iguaçu, o 2º rio mais poluído do Brasil, dentre outros trabalhos. Depois de montarmos todas as caixas no parque temático, levamos para o estúdio do Spina, um grande incentivador do cinema curitibano, para que o André Mendes pudesse pintar o lado em branco das caixas. Temos tudo isso filmado e está sendo editado, acreditamos que em uma semana está disponivel no nosso canal do Youtube. Portanto cuide com carinho da sua caixa. Ela é mais que uma recompensa, é uma obra de arte! “Aqueles que tiverem paciência serão recompensados” #birra #bier #hop #hoplover #instabeer #instacerva #ilovebeer #beerlife  #beerporn #goodbeer #instacerveja #craftbeer #cervejaespecial #cervejaartesanal #malt #cervejagourmet #cervejapremium #beerme #craftbeerlife #craftbeerporn #hophead #thebeernation #art A photo posted by DUM (@dumcervejaria) on Dec 12, 2014 at 4:19pm PST   As caixas voltaram para o Parque Temático após a arte e a “sessão de fotos”. No último domingo rotulamos as garrafas e colocamos nas caixas. A maioria das recompensas já foram enviadas pelo correio para quem é de fora de Curitiba. Para o pessoal da capital Paranaense iremos entregar pessoalmente! Não vamos publicar a foto da garrafa, deixaremos a surpresa para os apoiadores quando abrirem a caixa, apesar de já termos visto alguns spoilers no Instagram e...

Leia mais »

Jantar de recompensa do filme Petroleum é nosso!

Postado em nov 26, 2014

Nos dias 19 e 22 de Novembro, realizamos dois jantares frutos das recompensas do projeto “Petroleum é nosso”. Realizados no Parque Temático da DUM, local da primeira brassagem de Petroleum, e idealizados junto com os nossos amigos da Vivah. Começamos com a Jan Kubis, nossa cerveja de “guerrilha”, para ser tomada a qualquer hora e em grandes quantidades. Para isso foram pensados pratos leves em forma de petisco para passar o mesmo conceito que a cerveja foi criada. À partir daí buscamos trabalhar com dois conceitos de harmonização, o de semelhança e o de contraste. Os dips de legumes frescos no limão trazem o crocante e a acidez para harmonizar por semelhança com o frescor e a leve acidez da cerveja, já as castanhas de caju apimentadas e o salame tipo ciauscolo harmonizam por contraste da gordura com o leve amargor e carbonatação da Jan Kubis. Na sequência partimos para a Grand Cru,  uma cerveja muito aromática que desafia o paladar, pois é composta por vários ingredientes marcantes que formam aroma e gosto únicos. A ideia desse prato é fazer a mesma coisa, trazer elementos fortes, mas que juntos formam algo totalmente diferente, por isso fizemos um prato que mistura um pão doce de laranja com tartar fresco de carne vermelha e o leite de tigre (base do ceviche) de limão, laranja, cebola roxa e coentro. Esse é um prato levemente doce, que assim como a cerveja possui diversos elementos a serem identificados tais como: a laranja e o coentro. Estes em conjunto com a carne, assim como o crocante da massa e o macio do tartar, produzem uma harmonização que pede atenção à singularidade da bebida. Já com a Karel IV, a ideia foi construir um banquete digno de um rei, com uma mesa farta de comidas fortes e saborosas, assim como a King Lager se mostra: extremamente aromática e com alto teor alcóolico. Por isso buscamos uma carne (paleta de cordeiro) que tivesse gordura para contrabalancear com o álcool da Karel e que, além disso, tivesse um sabor forte o suficiente para casar com o amargor do lúpulo. As raízes rústicas equilibraram o prato, pois foram levemente adocicadas e trouxeram o corpo necessário para acompanhar a cerveja. Para complementar o pesto de hortelã ligou esses dois elementos e harmonizou com o herbal da Karel. Finalizamos o jantar com esta sobremesa que traz o contexto da lendária primeira brassagem da Petroleum, que durou 24 horas e que fez com que a panela do cozimento da cerveja transbordasse de tantos ingredientes que continha. Devido a isso, o formato de mini panela feito com massa de aveia e mel, harmonizou com o corpo dessa cerveja. O brigadeiro, feito com Petroleum, não levou chocolate e sim, caramelo, para balancear com o amargor.  Já a geleia de frutas vermelhas conferiu ao prato um pouco de acidez, sendo este finalizado com a espuma da própria cerveja,...

Leia mais »

Comunicado oficial documentário “O Petroleum é nosso: a ebulição da cerveja artesanal no Brasil”

Postado em ago 15, 2014

A produção do documentário “O Petroleum é nosso” gostaria de compartilhar com os financiadores do filme o estágio atual dos trabalhos. Após longo e exaustivo trabalho de transcrição (que ainda não foi finalizado), o Diretor do documentário e o Roteirista conseguiram desenhar a espinha dorsal do filme, o roteiro. Para ligar alguns assuntos ou até mesmo explorá-los melhor, foram necessárias novas gravações de depoimentos. Alguns destes depoentes eram de fora da cidade e até de fora do país. Para nossa sorte, alguns deles estiveram em Curitiba para eventos diversos, como a Copa do Mundo e oDUM Day IV. Além disso, para alcançar o objetivo maior, o de contar a “ebulição” das cervejas artesanais no Brasil, personagens locais também ganharam destaques. Entre eles, pessoas com a agenda lotada de tarefas e afazeres. Com isso, seguramos o trabalho de edição para esperar essas novas entrevistas e agora percebemos que o tempo que resta é muito curto para finalização de todo o filme com a qualidade que almejamos. Vale a pena salientar que edição e finalização são coisas diferentes, e uma vem em consequência do outra. A edição é a montagem do material de forma bruta, sem tratamento, para que tenhamos o 1ª. corte que será visto e revisto pelo Diretor e Roteirista para que se “lapide” o filme até um 2ª. e definitivo corte. Esse material então seguirá para a finalização. A finalização compreende algumas etapas minuciosas, algumas feitas quadro a quadro, como: mixagem de som (que coloca todos os áudios no mesmo volume e equalização), correção de cor (garante a unidade de cor de todo o filme), trilha sonora, animação, cartelas crédito e rotativo, formatação de arquivos e legendagem. Alguns números do trabalho realizado até agora: – 140 páginas de transcrição e contando. – Mais de 1000 arquivos de vídeo – Mais de 48 horas de imagens – Já foram identificados 48 personagens para o filme – Filmagens recentes no padrão DSLR – Imagens de arquivo nos mais diversos formatos: vhs, hi8, celular até full hd. – Registros desde 2007 até hoje – Recentemente entrevistamos Pete Slosberg, Rafael e Micael da Coruja, Marcelo Carneiro, José Felipe da Wals, Marco Zimmermann, Paulo Patrus da Incofidentes, dentre outros. – Ainda temos uma pessoa para gravar e aí encerram-se as gravações. Desta forma, diante da nossa avaliação, teremos o filme pronto antes do fim de 2014. Quanto as recompensas, as garrafas de Petroleum de 600 ml já estão prontas, Estamos terminando de desenvolver a arte da garrafa e bem como as camisetas. Até o fim do mês de agosto estarão prontas e no começo de setembro o envio iniciará. Enviaremos novamente um formulário para a escolha do tamanho das camisetas a todos os apoiadores que adquiriram este brinde, dessa vez com as medidas das camisetas, assim fica mais fácil de acertar o tamanho. Certos da compreensão de todos! A...

Leia mais »

Making of Petroleum é nosso!

Postado em maio 13, 2014

Estamos estreando este blog sobre o making of do filme “Petroleum é nosso: a ebulição da cerveja artesanal no Brasil”. Nele, iremos contar as etapas para construir esse longa-metragem. A primeira parte do trabalho é documentar o que já existe, em termos técnicos, fazer a decupagem do material. Ou seja, catalogar todas as imagens que temos para organizar o trabalho. Em paralelo a isso, estamos colhendo dados para montar a história da cerveja artesanal no Brasil. Criando uma linha do tempo do cenário brasileiro, desde o primeiro registro, em 1640 quando os holandeses começaram a fabricar cerveja em território nacional, passando pela mudança da familia real portuguesa para o Brasil, que foi o primeiro estopim para a cerveja no país, chegando até os dias atuais. Muito Obrigado aos, até agora, 549 apoiadores do projeto do filme Petroleum é nosso: a ebulição da cerveja artesanal no Brasil! Já estamos trabalhando nele e em breve muito mais novidades! Empresas que tenham interesse em patrocionar o filme, entre em contato com a DUM através do email [email protected] Aqueles que tiverem paciência serão...

Leia mais »

Perguntas frequentes sobre o projeto Petroleum é nosso!

Postado em abr 3, 2014

Algumas perguntas frequentes que estamos recebendo sobre o projeto Petroleum é nosso! Q – Quanto posso doar? A – Com qualquer quantia, mas a partir de R$ 30,00 você ganha recompensas. Vai das suas condições. Q – Quais são as formas de pagamento? A – Depois de escolher o valor da sua colaboração, você pode pagar via Boleto bancário, Paypal, Transferência bancária e MoIP. Q – E o que eu ganho colaborando? A – As bonificações variam conforme o valor da doação, mas temos entre elas o DVD do filme, camiseta, seu nome nos créditos, garrafas de 600 mL exclusivas para colaboradores (a quantidade de garrafas que você recebe também varia conforme o valor da colaboração) e um jantar harmonizado. Q – Cervejaria tem que fazer cerveja, e não filme. Pra que um filme só da Petroleum? A – O filme não mostra só a criação e trajetória da Petroleum, como também mostra o crescimento da cena cervejeira nacional desde a sua criação em 2010. Temos muitas imagens de arquivo e estamos colhendo dados sobre o mercado com os principais fornecedores e fabricantes para mostrar a evolução dele desde então. Q – E se nao der certo? A – Bom, se nao der certo o Catarse devolve o seu dinheiro. Q – E se der certo? A – Se tudo der certo você recebe sua recompensa em agosto/2014. O filme deve ficar pronto por volta desta data e irá servir de base para referências futuras sobre o mercado e sobre um pouco da história da cena cervejeira brasileira. Q – Qual a duração do filme? É um documentario? A – Um documentário com pelo menos 70 minutos com os créditos. Nos ajude a transformar isso num...

Leia mais »